Use a logística como diferencial competitivo: entenda como!

7 minutos para ler

Se a empresa conhece e utiliza adequadamente os preceitos logísticos, ela tem condições de elaborar estratégias comerciais para as mercadorias, valorizando sua marca.

A estratégia competitiva refere-se ao posicionamento de uma empresa em relação às estratégias de suas concorrentes. O objetivo é conseguir vantagem competitiva sobre elas.

Otimizar a logística é uma forma de melhorar o posicionamento do negócio no mercado, aumentando seu potencial competitivo, o que contribui para sua sobrevivência e expansão. Então, leia o texto a seguir e entenda como aplicar a logística como diferencial competitivo!

O que é a logística estratégica?

A logística tem incorporado uma gama de atividades cada vez mais ampla. Por isso, ela deixou de ser somente uma função baseada em operações e transformou-se em um conjunto de processos estratégicos muito valioso para a empresa.

Os custos de logística estão crescendo no mundo inteiro. A globalização e a disseminação das compras digitais estão ajudando para a movimentação cada vez maior de insumos e produtos finais. A globalização também aumentou a demanda pela maior rapidez nas entregas.

Por meio da internet, a operação de compra tornou-se muito mais prática, pois com apenas alguns cliques é possível realizar o negócio. Como há facilidade para pesquisar preços, escolher e pagar as mercadorias, os clientes também desejam que a entrega seja realizada com agilidade.

Torna-se um grande desafio entregar o produto rapidamente com custos baixos e, ao mesmo tempo, mantendo um alto padrão de qualidade.

A logística sempre foi o canal para oferecer a mercadoria certa, na quantidade pedida, no prazo previsto, no local combinado. Hoje, ela é ainda uma estratégia empresarial.

Considerando o processo de entrega, pode-se prestar um serviço de boa qualidade e desenvolver planos para o crescimento da empresa. Vale lembrar que o processo de entregas representa muito mais que a simples expedição da mercadoria ao cliente.

As estratégias empresariais são ações que o gestor pratica perante o seu público para captar e fidelizar clientes. Fazer do gerenciamento logístico um diferencial da marca é muito significativo no atual panorama do mercado nacional.

Por que considerar a logística como diferencial competitivo?

A logística como diferencial competitivo é importante porque oferece muitos benefícios que realçam a marca no cenário econômico e no segmento em que ela atua. Entre eles, vamos citar os principais. Acompanhe!

A redução de custos

O gestor sempre procura reduzir custos logísticos ao máximo. A logística estratégica destaca-se, entre outros pontos, por apresentar um grande potencial para diminuir gastos. A tecnologia é de grande auxílio nesse processo.

Uma solução é usar um sistema de monitoramento e rastreamento da carga, além de um gerenciador de estoques. O acompanhamento da mercadoria da empresa até o destino final é uma maneira de trabalhar a logística estrategicamente e reduzir gastos.

Os softwares permitem evitar ou minimizar imprevistos, roubos ou extravios de cargas, promovendo a resolução imediata de casos que podem aparecer durante a entrega e atrapalhá-la.

A fidelização de clientes

Quando a cadeia logística funciona corretamente e cada etapa respeita o padrão de qualidade prometido ao consumidor, o negócio dá um grande passo para fidelizar o cliente.

O consumidor sempre fica ansioso na expectativa de receber sua encomenda. Sua esperança é receber o produto em boas condições e conforme o que foi solicitado. A frustração pode levá-lo a desistir de realizar outras compras na empresa. Portanto, é fundamental monitorar cada etapa do trajeto de entrega, assegurando que tudo corra bem.

A inovação no setor

Ao estudar e assimilar estratégicas que permitam utilizar a logística como diferencial competitivo, a empresa consegue ter um destaque no mercado, melhorando sua posição entre os concorrentes.

A elaboração de um processo logístico próprio conduz a empresa a um nível superior e atrai a atenção do público consumidor.

Em curto prazo, uma nova estratégia de entrega dificilmente será imitada pelas empresas concorrentes, proporcionando a exclusividade que o gestor almeja.

A integração dos funcionários

A importância do setor de logística do ponto de vista estratégico contribui, ainda, para a qualificação e o destaque dos talentos que atuam na área. Quando a equipe de logística precisa assumir mais responsabilidades, é preciso acompanhar as tendências.

Desse modo, os trabalhadores buscam capacitação para assumirem funções e/ou atividades mais complexas e para atuar em harmonia com os demais setores da empresa, favorecendo melhoria nos resultados do negócio.

Quais os primeiros passos para começar uma logística estratégica?

Para utilizar a logística como diferencial competitivo, a empresa deve seguir passos importantes.

O planejamento

O planejamento é essencial para garantir resultados positivos. Um planejamento adequado favorece a competitividade do negócio, mantém a ordem e o controle das operações. A estratégia comercial deve ser realizada em harmonia com a logística estratégica.

É preciso seguir etapas básicas, como:

  • a atualização de dados;
  • o planejamento de demandas e vendas;
  • o planejamento de produção e suprimentos;
  • as reuniões que antecedem as ações.

O frete

O Business Insider, com ajuda de uma pesquisa, mostrou que o motivo que levou 58% dos participantes a desistirem de efetivar as compras foi a diferença exagerada entre o valor da mercadoria e o total final do negócio, com o preço do frete.

O frete é um critério determinante para que o consumidor realize ou não sua compra. Mas a verdade é que o empreendedor nem sempre pode dispensá-lo. A isenção de frete necessita de um planejamento detalhado. Há lojas que oferecem fretes grátis em compras acima de um valor X. Outras reduzem o frete quando muitas mercadorias são compradas por um mesmo cliente. Outras usam uma estratégia que nem sempre funciona, aumentando o valor do produto e oferecendo frete grátis para algumas regiões.

É importante avaliar o perfil das mercadorias e identificar algumas regiões em que o envio é mais constante. Dessa forma, pode-se negociar com os parceiros logísticos para conseguir preços melhores para determinados destinos.

Também é recomendado conhecer os preços e os prazos das empresas concorrentes e, assim, tomá-los como uma base para saber como é possível alterar os valores do frete para manter a competitividade.

O gestor deve avaliar continuamente a tabela de fretes para efetuar melhorias, atualizando o preço e aproveitando as oportunidades que permitam ofertar melhorias aos clientes.

A avaliação e o monitoramento dos resultados alcançados

O gestor deve monitorar todos os processos logísticos. Os insumos que formam a cadeia produtiva exigem avaliação contínua dos resultados.

Ao desenvolver ações, analisar processos é relevante e fundamental para retroalimentar outros trabalhos.

As ferramentas tecnológicas

A automação logística otimiza tempo e recursos. Também diminui gastos com operações, o que promove um impacto benéfico nos resultados logísticos.

A logística como diferencial competitivo só oferece vantagens à empresa, destacando-a no mercado, facilitando as vendas e a captação de clientes e agregando maior valor aos serviços prestados.

Vale realçar a necessidade de inovação e de contar com uma parceira especializada em transporte, que efetue coletas e entregas em diferentes partes do país, com segurança e prazos curtos.

transporte de malotes em todo brasil

Deseja ter uma empresa parceira com essas qualidades? Aproveite para contatar a IS Entrega e conferir as soluções que ela oferece!

Posts relacionados

Deixe uma resposta