Logística em óticas: quais são os desafios e como otimizar as operações no segmento

6 minutos para ler

A gestão da movimentação de um negócio exige uma série de recursos: mão de obra, tempo e investimento. Dependendo do ramo de atuação, há de se considerar, ainda, que, além de outras particularidades, a mercadoria pode necessitar tratamento especial. A logística em óticas é um desses casos, logo, as suas operações de coleta e entrega são complexas e demandam mais atenção.

Sabemos que um bom gerenciamento logístico nesse ramo reflete na qualidade do serviço prestado aos clientes, o que é muito importante para garantir relevância em um mercado extremamente competitivo.

Portanto, contar com a expertise de uma empresa especializada é fundamental para garantir a segurança do transporte, bem como a qualidade e o prazo das entregas e a preservação dos produtos transportados. Isso porque ela conhece as necessidades de cada nicho e está preparada para atendê-las da melhor forma.

Neste post, vamos falar sobre os desafios da logística em óticas e sobre como uma empresa de coleta e entrega de malotes pode ajudar a otimizar esse processo e trazer benefícios para negócios do setor.

Quais são os principais desafios da logística em óticas?

A gestão logística em óticas não é uma tarefa muito simples, pois envolve processos específicos de controle e qualidade. Visto que comercializa e encaminha para os laboratórios materiais e mercadorias frágeis, é necessário muito cuidado e atenção durante o seu manuseio e transporte. Portanto, o tratamento dado a esses produtos deve ser diferente daquele usado no transporte de roupas ou sapatos, por exemplo.

Contudo, a questão da natureza dos itens não é o único desafio da operação logística do setor ótico. O nicho tem algumas outras características que exigem que seja estruturado um processo de entregas rápido e eficiente.

Em primeiro lugar, há de se considerar a necessidade de movimentações entre vários pontos, o que torna a logística em óticas ainda mais complexa. Isso porque as lojas precisam receber materiais de fornecedores e dos laboratórios e, ainda, muitas vezes, distribuir os itens entre as suas filiais.

Além disso, outro ponto importante a ser considerado é a exigência de agilidade nessa movimentação, uma vez que se costuma trabalhar com prazos de entrega curtos. As lojas desejam atender os seus clientes da melhor forma. Logo, quanto antes o negócio receber a armação e lentes dos fabricantes, por exemplo, menor o tempo de espera do cliente para a retirada do item adquirido.

O cenário exige, portanto, que se estabeleça uma programação com alta frequência de entregas, preferencialmente, diária. As lojas vendem vários itens diariamente, e, dessa forma, todos os pedidos podem ser atendidos dentro de um prazo razoável para a loja e o consumidor.

Por que a gestão interna costuma ter falhas que afetam os resultados dos negócios?

Podemos afirmar que se não existir uma boa gestão, a logística em óticas pode se tornar uma questão problemática e acarretar prejuízos para as empresas. Diante de todos os desafios que listamos, uma operação mal gerida pode resultar em danos às mercadorias, atrasos e insatisfação dos clientes.

Esse cenário é comum, sobretudo, quando o gerenciamento e a movimentação são realizados internamente, ou seja, pelos próprios empreendimentos e de forma pouco profissional. Nesses casos, os gestores costumam ter grandes dificuldades para organizar cronogramas de entregas, estabelecer uma boa comunicação entre os envolvidos e monitorar os produtos transportados.

Além disso, erros no controle do estoque e no registro de notas fiscais passam a ser frequentes, pois não dispõem da atenção necessária, uma vez que a equipe é demandada também para muitas outras tarefas.

Isso acontece porque, geralmente, não há investimento interno em pessoal, capacitação, sistemas de gestão e tecnologias para rastreamento de carga — o que significa que faltam as ferramentas adequadas para executar uma logística em óticas livre de grandes falhas prejudiciais.

Como otimizar as operações de entrega e ter uma logística em óticas eficiente?

Independentemente do tipo de mercadoria transportada, do número de pontos de distribuição envolvidos, da frequência de entrega e da brevidade dos prazos, é sempre possível otimizar os processos logísticos de um negócio. E, também necessário, já que contar com um bom gerenciamento de operações significa reduzir gastos e aumentar a lucratividade.

Como vimos, a logística é um dos pilares do setor ótico e interfere em outras áreas. Por essa razão, a sua gestão deve ser estratégica — não negligenciada. Uma operação de excelência, com fluxo otimizado, é fundamental para garantir a satisfação dos clientes e aumentar a competitividade no mercado.

Uma das formas mais certeiras de alcançar esse patamar é a opção pela terceirização do processo logístico. Uma vez que possui todo o know-how e as ferramentas necessárias, uma empresa de entregas pode garantir a otimização da logística em óticas.

O serviço especializado possibilita o estabelecimento de um fluxo regular, o atendimento dos prazos de entrega e o controle e a segurança das movimentações, trazendo uma série de benefícios para os negócios.

Como escolher uma empresa de entregas especializada?

É importante destacar, porém, que, como em todos os segmentos, nesse caso também vão existir parceiros mais ou menos preparados e competentes. Por isso, será indispensável definir alguns critérios para escolher a empresa especializada ideal para atender as suas necessidades.

O valor, definitivamente, não pode ser o único requisito a ser considerado na hora de contratar um prestador para realizar o serviço. Avaliar se a organização oferece um bom atendimento e uma estrutura adequada é essencial, assim como ter experiência com logística em óticas.

Atualmente os maiores laboratórios ópticos do Brasil utilizam os serviços da IS Entrega para oferecer o transporte dos produtos como um diferencial na conquista e fidelização de cada vez mais redes e lojas do ramo.

Além de conhecer muito bem o setor, a empresa especializada tem cobertura em todo o território nacional, frota rastreada e centros de distribuição próprios. Todo o seu processo de coleta e entrega é baseado na utilização da tecnologia, contando com protocolos digitais para o acompanhamento das encomendas, além de suporte completo e um gerente dedicado a cada cliente.

Antes de iniciar a prestação de serviços, a IS Entrega faz uma análise das principais demandas de cada negócio com o objetivo de estruturar o melhor modelo para atendê-lo. Desse modo, consegue atuar de forma eficaz e assegurar grandes benefícios para os seus clientes.

Quer conhecer melhor o trabalho da IS Entrega? Fale conosco!

Posts relacionados

Deixe uma resposta