Conheça os erros mais comuns na organização do almoxarifado

3 minutos para ler

Se a sua empresa trabalha com venda e entrega de produtos, a organização do almoxarifado é requisito básico para que o serviço seja feito com qualidade. Quanto melhor o planejamento, mais eficiente será o controle de estoque e a expedição das mercadorias.

No entanto, um espaço bem organizado não depende só da disposição dos produtos. Quer saber mais sobre os processos que envolvem um almoxarifado bem ordenado e quais erros devem ser evitados para que a logística de entregas seja eficiente? Continue a leitura e fique por dentro!

Principais erros na organização do almoxarifado

Conheça os três principais erros na organização do almoxarifado. Veja se a sua empresa está cometendo algum deles e reverta a situação.

Falha no controle do estoque

É um equívoco achar que a organização do almoxarifado é uma prática que se relaciona apenas a arrumar a bagunça. Se você está pensando que o armazenamento de mercadorias está bom visualmente, saiba que esse pode ser o primeiro grande engano.

Manter o almoxarifado organizado depende de um controle de estoque bem feito. Conhecer e manter dados sobre a rotatividade de produtos sempre atualizados é fundamental para que a empresa não adquira itens ou matéria-prima sem necessidade ou deixe de oferecer mercadorias essenciais por furos no estoque.

Falha na comunicação com os fornecedores

A comunicação com os fornecedores também tem tudo a ver com um almoxarifado bem organizado. Negociar prazos e o volume de compras mensal permite que o estoque esteja sempre nivelado à realidade da empresa. Por isso, leve essa relação a sério.

Deixar de investir em capacitação

Um almoxarifado não se organiza sozinho. Mesmo que a empresa utilize softwares voltados para o controle de mercadorias, a mão de obra é indispensável para operar esses sistemas.

Gestão, organização, segurança e outras temáticas devem fazer parte de treinamentos periódicos. Quanto mais capacitada for a sua equipe, mais eficiente será o trabalho realizado por ela.

Dicas para manter o almoxarifado organizado

A sua empresa comete algum dos erros listado acima? Fique tranquilo. Além do que foi sugerido, outras atitudes garantem a organização do almoxarifado. Veja:

  • manter o local limpo;
  • inspecionar a entrada de produtos;
  • avaliar se os materiais adquiridos ou expedidos estão de acordo com as especificações da nota fiscal;
  • registrar os materiais em estoque assim que recebidos;
  • contar com um software de controle em logística;
  • adotar estatísticas de consumo para previsão de compra.

Importância da gestão de almoxarifado

Uma vez que a principal função do almoxarifado é manter o abastecimento de mercadorias em dia, sem prejudicar o fornecimento dos produtos ou interromper a produção por falta de matérias primas, manter um bom gerenciamento é fundamental. A gestão adequada do setor contribui para que os processos em logísticas sejam eficientes.

Como você pôde perceber, a organização do almoxarifado é mais do que condicionar as mercadorias de forma adequada. A prática é essencial para otimizar os trabalhos e contribui diretamente com o sucesso do negócio.

transporte de malotes em todo brasil

Gostou do conteúdo deste material? Compartilhe o artigo nas redes sociais e veja se os seus colegas de profissão concordam com a nossa lista.

Posts relacionados

Deixe uma resposta