Rastreabilidade de produtos na logística: entenda a importância

6 minutos para ler

Toda empresa que deseja garantir um bom posicionamento perante um mercado tão competitivo deve contar com tecnologias capazes de capturar, armazenar e transmitir dados com eficiência. A rastreabilidade de produtos é uma maneira inteligente de fazer isso.

O serviço é usado para proteger todo ciclo de uma mercadoria, desde a sua fabricação até a entrega para o cliente. Assim, garante a qualidade e a segurança da produção durante todo o processo logístico.

Se esse assunto é do seu interesse, você está no lugar certo. Neste artigo, você vai conhecer mais sobre esse conceito, os tipos de rastreabilidade que podem ser adotados no negócio e as suas vantagens. Acompanhe a leitura e saiba mais!

O que é rastreabilidade de produtos?

A rastreabilidade nos processos logísticos compreende soluções que vão além de informar onde uma carga ou mercadoria está, garantindo a sua segurança. Esse conceito busca, também, garantir a qualidade do produto desde os primeiros passos da sua confecção até a chegada ao cliente.

Para uma empresa, conhecer e entender as origens dos produtos comercializados é adotar uma postura de valor, que se apresenta como um diferencial competitivo. Isso porque o grande objetivo da rastreabilidade é compreender a exata origem daquele item, em qual etapa de produção ele se encontra e quais intervenções foram realizadas até aquele momento.

Hoje, o mercado conta com tecnologias que facilitam esse controle, simplificando e democratizando o acesso a essa solução, que não é novidade na indústria. Tornar essa prática mais acessível possibilita que organizações de qualquer porte possam disponibilizar um produto de qualidade para o cliente.

Como funciona

Cada processo realizado na fabricação de uma mercadoria deve passar por uma leitura de etiquetas de código de barras. Assim, são registradas todas as informações do que foi feito naquele momento.

A data e a localização devem acompanhar o texto. O resultado alcançado no final deverá ser um registro consistente e detalhado de todas as fases da cadeia produtiva. Dessa forma, há um histórico completo sobre aquele produto.

Quais os tipos de rastreabilidade de produtos?

Vários processos que envolvem os insumos, a produção e o destino de uma mercadoria podem fazer parte do conceito de rastreabilidade de produto. Veja quais os tipos que podem ser adotados por uma empresa:

  • rastreabilidade a montante: permite que a empresa identifique a origem do produto em qualquer etapa de um processo, a partir do número do lote ou de outra forma que revele a origem do produto;
  • rastreabilidade a jusante: realizado para descobrir o destino da mercadoria, o que aconteceu após ser direcionada a terceiros. Faz parte desse processo o rastreamento de cargas por qualquer meio de transporte e a eficácia está relacionada à capacidade de atualizar os registros em tempo real.
  • rastreabilidade do produto: relaciona-se ao lote de uma determinada produção, permitindo que a empresa identifique se há algum erro em itens de série;
  • rastreabilidade interna: para controle dos produtos que entram e saem do negócio, o que inclui a gestão do estoque, facilitando o trabalho e agilizando os processos de compra de insumos e produção.

transporte de malotes em todo brasil

Qual a importância da rastreabilidade de produtos?

Nos tópicos anteriores, você pôde ter uma pequena demonstração de como a rastreabilidade de produtos contribui para aprimorar os serviços oferecidos e evitar problemas logísticos. Para que essa importância fique ainda mais nítida, focamos algumas vantagens. Entenda!

Otimização de processos

No geral, o fluxo automatizado de informações já é um grande benefício, ainda mais quando se trata de dados estratégicos tão importantes para a logística. No rastreamento de produtos, para que uma mercadoria possa ser rastreada, é necessário que um código seja lido.

Essa leitura é capaz de identificar diversas características do item, facilitando o uso de indicadores de desempenho e qualidade para que tudo possa ser monitorado em tempo real. O processo permite que as decisões sejam tomadas com muito mais segurança e agilidade, facilitando a prevenção de erros ou que os mesmos sejam corrigidos. 

Transparência na cadeia produtiva

Uma cadeia produtiva é composta por várias etapas e, como nem sempre é possível acompanhar tudo de perto, é preciso buscar recursos que permitam ao máximo o controle sem perder a qualidade.

Adotar a rastreabilidade de produtos promove a transparência da cadeia produtiva, uma vez que todos os processos são identificados e armazenados. Eventuais problemas futuros podem ser facilmente detectados, pois as informações estarão gravadas.

Facilidade para possíveis recalls

Possivelmente, você já deve ter se deparado com anúncios televisivos de recall partindo de montadoras de veículos. Por mais que haja cuidado em inspecionar a produção, ainda assim há riscos de enfrentar problemas com o mau funcionamento de um determinado produto ou um bem de ordem maior, como no caso de um carro.

A rastreabilidade de produtos pode revelar exatamente em qual etapa da produção aconteceu o problema. Dessa forma, contribui para a sua resolução e evita que aconteça novamente no futuro.

Além disso, permite que os verdadeiros responsáveis pela falha sejam identificados. Isso faz com que a empresa possa promover melhorias tanto na capacitação desses profissionais quanto nos processos em si.

Relacionamento com fornecedores

A rastreabilidade de produtos pode passar por todas as fases da cadeia produtiva, desde sua origem, distribuição e até mesmo o consumidor final. Dessa forma, possibilita que a comunicação ocorra de maneira rápida e sem ruídos.

Nesse sentido, ela tem a vantagem de se apresentar como uma solução estratégica para o relacionamento com os fornecedores. Afinal, conhecê-los é fundamental para o andamento do processo.

Gestão de estoque

Quando a empresa usa a rastreabilidade de produtos, ela consegue realizar uma boa gestão de estoque, agilizando o envio e o recebimento de produtos. Além disso, controla melhor os preços de compra e venda.

O processo é tão facilitado que otimiza o serviço, enquanto permite a integração das operações com a emissão de notas fiscais.

A rastreabilidade de produtos contribui para que todos os processos de um negócio sejam acompanhados de perto, permitindo que os erros sejam corrigidos de forma rápida e eficaz. Sua consequência direta é a melhoria contínua dos processos, refletindo em um serviço de qualidade e garantindo a vantagem competitiva.

Os assuntos sobre gestão de estoque e logística interessam a você? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro das atualizações.

Posts relacionados

Deixe uma resposta